Lollapalooza Day 1 – Preparação e Cage the Elephant

Dia 5 de abril de 2014, um dos dias mais esperados na minha vida, finalmente iria ao meu primeiro festival, e veria duas das minhas bandas favoritas em um único dia! Foram aproximadamente 5 meses de pura ansiedade e expectativas compartilhadas entre meus amigos que iriam e meus pais que também assistiriam aos shows, minha mãe apenas no sábado por causa do Imagine Dragons e meu pai iria aos dois dias comigo, pois temos um gosto musical muito parecido.

1456733_541037502641082_1211430125_n No sábado acordamos sem pressa, tomamos nosso café da manhã e começamos a arrumar as mochilas, roupas, etc. Levamos apenas o essencial, protetor solar, casaco, capa de chuva, e eu optei por levar barrinhas de serial (que não comi, pois a comida de lá era muito boa e com um ótimo preço)… Saímos de casa, pegamos o trem (resolvemos comprar as passagens de ida e de volta para evitar filas na hora da saída), pois seria apenas uma estação até o autódromo. O trem estava bem cheio, bem cheio mesmo, e todos lá estavam indo ao festival, ao chegar na estação, foi uma pequena caminhada, infelizmente era uma ladeira, mas nada demais para quem vai passar o dia inteiro em um festival hahaha.

Chegamos, pegamos uma pequena fila, que andava normalmente e perto das 14:30 entramos, lembro que a banda Capital Cities tocava, infelizmente, alguns sacrifícios foram feitos e resolvi “pular” este para garantir um bom lugar no palco onde ocorreria o show do Cage the Elephant e do Imagine Dragons. Chegando ao palco Onix, aproveitei para ir lá para frente, esperei aproximadamente 30 minutos para o início do show, que eu não tinha nenhuma expectativa pois conhecia pouquíssimo sobre a banda.

Assim que eles sobem no palco, uma energia contagia todos, principalmente quando Matthew, o vocalista, começa a se soltar, ele traz uma emoção, uma empolgação para a apresentação, que ninguém consegue ficar parado. Principalmente quando ele começa a dar seus inúmeros saltos no público (SINCERAMENTE, perdi as contas de quantos foram). Foram diversas acrobacias, pulos e brincadeiras que ele trazia com naturalidade á apresentação, nunca deixando os fãs que estavam mais para trás por fora, ele sempre ia até o fundo e fazia alguma brincadeira. Mas o que mais espantou e deixou os espectadores incrédulos foi quando Matthew resolveu simplesmente escalar a torre de luz, sem nenhuma proteção, e resolveu tomar um sol lá em cima, deitado na tenda.

A setlist foi recheada com 13 músicas, dentro dela os singles Cigarette Daydreams (um dos meus favoritos), Come a Little Closer, Shake Me Down e fechou com Sabertooth Tiger,  balançando a bandeira do Brasil e deixando todos os fãs realizados e superando qualquer expectativa com este show incrível.

CONTINUA….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s